"Normal é ser diferente"

COMO COLABORAR

Saiba como fazer parte do nosso projeto!

Financeiramente

Banco do Brasil – BB

Agência: 1003-0
Conta corrente: 250.085-X
Poupança (op. 051): 250.085-X

Banco da Caixa

Agência: 0007
Conta Corrente (op.003): 1974-0

Banco de Brasília – BRB

Agência: 209
Conta Corrente: 600.469-6

Materiais

Doação de materiais pedagógicos, de limpeza, de escritório, alimentos, fraldas descartáveis, etc.

Serviços Voluntários

Estamos sempre precisando de ajuda. Doe um pouco do seu tempo ao serviço social.

AMPARE-DF

Uma Instituição Social sem fins lucrativos, fundada em 1972 por um grupo de mães e pais com a missão de defender os direitos da pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

Histórico

A AMPARE – Associação de Mães, Pais, Amigos e Reabilitadores de Excepcionais, organização da sociedade civil de direito privado sem fins lucrativos, fundada em 01.07.72, em Brasília – DF, por um grupo de pais, com o objetivo de atuar na defesa e garantia de direitos e promoção da cidadania, passando a oferecer atendimento diário, dirigido ao individuo com deficiência intelectual e às famílias, dado a ausência desses serviços no Distrito Federal. Missão: Promover e articular ações de defesa de direitos das pessoas com deficiência intelectual, na construção de uma sociedade inclusiva e sem preconceito; prestar serviços de forma continuada, permanente e planejada aos usuários e as suas famílias e contribuir para a formação de cidadãos felizes, saudáveis educados, independentes e autônomos.

Objetivos

  • Assegurar a qualidade de vida dos usuários e os princípios de educação inclusiva;
  • Proporcionar um processo educativo que permita ao usuário ser visto com capacidade de construir, de descobrir, de inventar e de decidir;
  • Facilitar um processo educativo junto às famílias centradas na revisão permanente de direitos e deveres, interesses, desejos e reações manifestas com relação a ela mesma e ao meio onde vivem;
  • Assegurar um processo educativo junto aos funcionários desta Entidade, redimensionado o entendimento do conceito de educação inclusiva enquanto recurso social;
  • Desenvolver e estimular de forma interdisciplinar os aspectos físico, afetivo, emocional e social;
  • Propiciar a interação com as pessoas – adultos e crianças com os quais convivem;
  • Desenvolver o senso crítico, agindo e interagindo no seu meio;
  • Apoiar, fortalecer e instrumentalizar as famílias para que possam cumprir suas funções sociais com foco na qualidade de vida, no exercício da cidadania, no fortalecimento de vínculos e na inclusão na vida social;
  • Oportunizar aos assistidos, aquisição de conhecimento e habilidades, promovendo sua autonomia e independência, preparando-os, inclusive, para o mercado de trabalho, protegido ou não;
  • Acolher, na modalidade Casa-Lar, crianças e adolescentes preferencialmente com deficiência intelectual e múltipla que se encontram em situação de vulnerabilidade social, privados da convivência familiar, garantindo-lhes os direitos básico, um atendimento digno e a inclusão na vida social.

Entre em contato

Deixe aqui sua mensagem, responderemos o mais breve possível.